Liminar anula decisão do Conselho e Dinamite permanece no cargo

 

Mais uma vez o processo eleitoral do Vasco ganhou um capítulo na Justiça. Neste domingo, a chapa “Sempre Vasco”, do candidato Julio Brant, conseguiu uma liminar no plantão do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro para anular a decisão do Conselho Deliberativo, que na quarta-feira passada votou contra a extensão do mandato de Roberto Dinamite e elegeu quatro interventores para comandar o clube até o pleito do dia 11 de novembro.

Desta forma, o presidente não terá mais que deixar o Cruz-Maltino nesta segunda-feira, já que pela decisão do desembargador Fábio Dutra o mandato segue estendido até o dia 11 de novembro, conforme havia decidido o presidente do Conselho Deliberativo, Abílio Borges, antes da votação no Conselho.

“Defiro parcialmente a tutela antecipada pleiteada tão somente para que seja mantida a resolução que prorrogou os mandatos, como originalmente decidido pelo presidente do conselho deliberativo, até que estes autos sejam encaminhados ao ilustre relator do processo”, diz parte da decisão do desembargador.

O mesmo vale para todos os vices da atual gestão, os 150 membros eleitos do Conselho Deliberativo, o Conselho Fiscal e o presidente da Assembleia Geral, Olavo Monteiro de Carvalho, que renunciou ao cargo na quarta e, por enquanto, segue fora do clube. Os quatro interventores (Alcides Martins, Eduardo Rebuzzi, Jorge Luiz das Neves e Silvio Godoi), por enquanto, não assumirão mais o clube.

Entre os principais argumentos apresentados em juízo estão a não publicação da convocação da reunião em jornal de grande circulação, o interesse político na nomeação dos interventores e diversas outras quebras estatutárias. A ação foi movida pelo presidente da Cruzada Vascaína, Léo Gonçalves (apoia a chapa Sempre Vasco) e pelo advogado do grupo, Alan Belaciano.

Sendo assim, uma nova reviravolta acontecerá no cenário político do Vasco, que já teve três medidas judiciais alterando a data da eleição – confirmada para 11 de novembro – e agora a liminar anula a decisão do Conselho Deliberativo. A tendência é que os grupos dos candidatos Eurico Miranda e Roberto Monteiro, que fizeram campanha contra a extensão dos mandatos e indicaram os interventores, entrem na Justiça ainda nesta semana.

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s