Com show de Luan e Jô, Atlético-MG goleia Boa Esporte

Da UOL Esporte

jo

O Atlético-MG conseguiu superar a ausência dos seus quatro principais jogadores e com atuação de destaque de um novo trio,formado por Guilherme, Luan e Jô, o talvinegro mineiro derrotou o Boa Esporte, por 4 a 0, na tarde deste domingo, no estádio Independência, conquistando a 13ª vitória seguida e continuando na “cola” do rival Cruzeiro na busca pela liderança do Estadual.

Mesmo sem o quarteto de destaque na temporada – Ronaldinho Gaúcho e Réver, que serviram à seleção brasileira diante da Bolívia no sábado e a dupla ofensiva, Bernard e Diego Tardelli, machucado -, o Atlético conseguiu superar o Boa Esporte, com participação decisiva de um novo trio, Jô Luan, que deixou a sua marca duas vezes e Guilherme.

“Primeiro tempo difícil, a equipe marca muito forte, mas eu consegui abrir o marcador com ótimo passe de Guilherme, mas o jogo ainda está bem complicado”, disse Jô, que deixou a sua marca no primeiro tempo usando chuteira na cor do maior rival, azul.

Antes da partida, um grupo de torcedores do Atlético, que foi detido por entrarem em conflito com torcida do rival Cruzeiro, nas proximidades da Avenida Mem de Sá, no Bairro Santa Efigênia, portando pedras e madeiras, chegou à delegacia do estádio I. Eles foram conduzidos ao plantão judiciário que funciona ali.

Com a vitória no Independência, a 13ª seguida do Atlético na temporada, se aproximando do recorde de triunfos da história do clube, 18 ao total, o alvinegro mineiro permaneceu na segunda colocação do Campeonato Mineiro, chegando aos 24 pontos e se manteve a um do líder e invicto Cruzeiro, que bateu o América, por 4 a 1, no clássico do Mineirão.

Mesmo com formação mais defensiva, que foi testada por Cuca para ser utilizado nos jogos decisivos da Libertadores, o time alvinegro conseguiu manter a sua média de três gols por partida nesta temporada. Além disso, o Atlético chegou a marca de 17 tentos nos último quatro jogos realizados no Independência.

O time do técnico Cuca mostrou que sentiu dificuldades com o teste do esquema tático com três volantes, feito pelo treinador. Principalmente no primeiro tempo, quando Josué teve mais liberdade, chegando bem ao ataque, mas sem conseguir auxiliar Guilherme na armação de jogadas. Porém, aos poucos a equipe foi se soltando.

O Boa esporte, que adotou postura defensiva, chegou a levar perigo ao gol do goleiro Victor, que fez uma grande defesa no primeiro tempo, em finalização de dentro da pequena área de Marcelinho Paraíba, mas o goleiro atleticano fez defesa salvadora.

Porém, no segundo tempo, o clube atleticano deslanchou de vez, principalmente com o crescimento do jovem atacante Luan. O Atlético atacou com tudo, sem dar espaços para o Boa, que não criou nenhuma chance de gol e ampliou o marcador, construindo a fácil vitória com dois gols de Luan, aos 12 minutos e aos 17, ambos em jogada individual.

Na segunda etapa, o técnico Cuca teve um susto. O volante Pierre disputou bola pelo alto e acabou cabeceando a cabeça do marcador, sofrendo um corte profundo no supercílio esquerdo. O atleta foi substituído por Morais, sendo atendido pelo departamento médico atleticano nos vestiários do Independência, onde levou pontos.

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s